Os novos projetos arquitetônicos e os exemplos de projetos sustentáveis vêm seguindo uma nova vertente de união entre arquitetura e sustentabilidade – com ambos trabalhando juntos, de forma integrada.

Com essa integração, soluções amigáveis ao meio ambiente surgem como forma de adequação, seguindo o conceito de sustentabilidade – que diz que o impacto para as gerações futuras deve ser o mínimo possível nos projetos das gerações atuais.

Os profissionais que trabalham e desenvolvem estes exemplos de projetos sustentáveis conseguem enxergar a possibilidade de incorporar o bem estar coletivo com a preservação do meio ambiente, além de otimizar os recursos utilizados.

Com isso, os novos empreendimentos interagem de forma positiva com o local de onde estão surgindo.

Saiba mais, confira estes 7 exemplos de projetos sustentáveis!

Os 7 exemplos de projetos sustentáveis

Os exemplos de projetos sustentáveis e arquitetônicos são diversos e alguns deles podem ser vistos abaixo:

1. Sustaibability Treehouse | BNIM

Esse é um dos exemplos de projetos sustentáveis que chama a atenção por ser bonito e integrado à natureza.

Localizado no estado da Virgínia, nos EUA, possui uma vista privilegiada para a natureza que pode ser observada através de toda a construção – que é utilizada como um espaço voltado ao ensino de Ecologia, Conservação de Recursos Naturais e Design Sustentável.

Além disso, possui um grande sistema de captação de água, através de cisternas com um total de armazenamento de até 3.785 litros e ainda conta com geração de energia elétrica através da fonte solar e eólica.

2. Universidade do Arizona

As universidades são centros de produção e desenvolvimento do conhecimento – o que não é diferente nesta universidade localizada no estado do Arizona. A organização possui um projeto que beneficia a entrada de luz natural, inclusive ganhando a certificação LEED Platinum.

Além do espaço interno, os espaços externos foram criados da cor verde e contribuem para a qualidade do ar de todo o campus, incentivando a prática de atividades como yoga e meditação.

3. Edifício Eurobusiness, em Curitiba

Trazendo o foco para o Brasil, o edifício Eurobusiness, localizado em Curitiba, é uma referência como o primeiro empreendimento da região sul do país a receber a certificação LEED Platina. Além disso, se destaca com atitudes sustentáveis como os elevadores inteligentes que geram energia e retornam essa energia para a rede elétrica.

As fachadas de vidro são construídas com a tecnologia low-e, que proporciona uma alta refração do calor, sem impedir a entrada de luz natural – e o sistema de ar condicionado utiliza a tecnologia que capta o calor residual do arrefecimento para aquecer e fornecer calor a outras divisões.

4. Incentivos para reciclagem – Curitiba

Novamente em Curitiba, desde a década de 80, a cidade incentiva a coleta e a troca de lixo reciclável. Primeiramente por vales-transporte – e posteriormente por alimentos para o combate a fome. A cidade tem uma longa história em termos de desenvolvimento sustentável, que permite o incentivo da reciclagem e da coleta seletiva.

Os programas de reciclagem visam a troca de quatro quilos de lixo por um quilo de alimento – e o outro programa também permite a troca entre as associações de catadores de lixo por um valor em dinheiro.

5. EcoCommercial Building (ECB), em São Paulo

O projeto que tem certificação LEED Platina possui também um prêmio de Melhores Práticas Globais em Construção Verde, pelo Fórum Global sobre Assentamentos Humanos.

Seus destaques vão além da geração de energia elétrica através da fonte solar – 97% dos resíduos utilizados na construção foram reciclados. Outro ponto é a utilização de ventilação natural em todos os espaços do edifício com apenas 5% da área do empreendimento possuindo ar condicionado.

O terreno possui árvores nativas, o prédio possui sistema de gestão própria de água e energia elétrica e o isolamento foi pensado para bloquear o calor, permitindo a entrada de luz natural, com brises, persianas e películas para protegerem as pessoas da radiação solar.

6. Masdar: A cidade “carbono zero”

Criada a partir de uma visão do futuro, a primeira cidade construída para ser carbono-zero está se tornando uma realidade em pleno deserto árabe. Localizada em Abu Dhabi, a Masdar City já foi projetada com a sustentabilidade em mente – além da utilização de energia elétrica gerada a partir de fontes consideradas limpas, também irá abrigar um centro de pesquisas.

Outro ponto positivo são os materiais utilizados na construção da cidade: 95% do alumínio é reciclado, assim como grande parte do concreto. A madeira também será reutilizada e alguns dos outros materiais sequer estão disponíveis no mercado – irão ser utilizados primeiramente na construção da cidade ecológica.

7. Bairro Jardim das Perdizes, em São Paulo

O bairro Jardim das Perdizes na cidade de São Paulo foi o vencedor do 20º prêmio Master Imobiliário na categoria Sustentabilidade e possui diversos destaques dentre os exemplos de projetos sustentáveis.

A eficiência energética através do melhor aproveitamento do vento e da iluminação natural, as vagas de garagem já preparadas para os veículos híbridos e elétricos e um programa de compartilhamento de bicicletas são algumas das práticas de sustentabilidade que estarão disponíveis no empreendimento.

Outro ponto importante é a criação da central de resíduos de demolição, que foi criada durante a construção e o desenvolvimento de 50 mil metros quadrados de área verde e mais de 2.200 espécies de árvores.

Arquitetura e sustentabilidade: uma realidade viável!

A união da arquitetura com a sustentabilidade tem se mostrado cada vez mais possível e os diversos exemplos de projetos sustentáveis – tanto os que constam no artigo como os que não estão citados aqui – mostram que é economicamente viável e rentável a união entre essas duas vertentes.

Este artigo foi útil para você? O que acha de saber mais sobre uma iniciativa presente em grande parte dos projetos sustentáveis? Baixe agora mesmo o nosso eBook e saiba tudo sobre energia solar!