Como economizar energia? Essa é uma pergunta recorrente entre os comerciantes, mas que nem sempre é respondida da forma adequada. Essa preocupação não é em vão: de acordo com o Correio Braziliense, somente no ano de 2017, o reajuste médio das contas de energia elétrica foi de 7,17%.

Isso se deve, em grande parte, ao fato da matriz energética brasileira ser baseada majoritariamente em hidrelétricas. Com os grandes períodos de estiagem e a consequente baixa nos reservatórios, os preços tendem a subir enormemente.

O resultado você já sabe: as contas acabam não fechando no final do mês e fica difícil economizar sem causar impactos na sua produção e nos seus lucros. Pensando nisso, preparamos este artigo com 8 atitudes eficientes que vão solucionar as suas dúvidas sobre como economizar energia no seu negócio. 

Ficou interessado? Então, acompanhe!!

8 dicas de como economizar energia

A energia elétrica no país pesa muito nas contas e no lucro final dos empreendedores e de toda a população. Então, como economizar energia em um cenário em que o Brasil figura na 6ª posição do ranking mundial de custo de energia elétrica? De modo paliativo, é possível mudar algumas pequenas atitudes.

Para evitar prejuízos, confira agora 8 maneiras de como economizar energia, das sugestões mais simples às mais complexas:

1- Fazer a pintura dos ambientes

Escolha cores claras para a pintura interna do seu ambiente de trabalho. Essa é uma dica básica sobre como economizar energia, que permite uma maior reflexão dos raios luminosos no ambiente, o que leva a uma menor necessidade de iluminação artificial.

2- Escolher lâmpadas mais econômicas

Escolha lâmpadas adequadas para o ambiente e, de preferência, evite obstáculos na decoração que possam comprometer a iluminação do ambiente. Basicamente, é possível encontrar dois tipos de lâmpadas econômicas no mercado: de LED ou fluorescentes – as incandescentes não são uma boa escolha, pois consomem muita energia e duram pouco.

Ambos os tipos iluminam mais que as incandescentes, por isso, você poderá escolher lâmpadas de menor potência, consequentemente menor consumo. Evite ascender e apagar as lâmpadas toda hora, o maior consumo das lâmpadas fluorescentes se dá no momento de seu acendimento.

3- Definir bem os equipamentos de escritório

O selo PROCEL existe desde 1993, servindo para indicar a eficiência energética dos eletrônicos e eletrodomésticos, indo de uma escala de A até E (onde “A” é o mais eficiente e “E” o menos).

Mas como economizar energia se os meus equipamentos não recebem o selo PROCEL, como notebooks ou impressoras, por exemplo? Simples, busque no manual ou site de fabricante mais detalhes sobre a tabela de consumo energético. Assim, você poderá escolher aquele de menor consumo.

4- Incluir sensores de presença

Uma tendência de pequenas e médias empresas é a implantação de dispositivos em ambientes como escadas, corredores, banheiros, entre outros. Eles devem ser aplicados em locais de circulação e passagem, ou seja, onde as pessoas fiquem pouco tempo. Assim, o local não precisa ficar o tempo todo iluminado. Quando estiver sem ninguém, a iluminação apaga-se automaticamente.

5- Usar equipamentos elétricos com inteligência

Ao fechar seu escritório, desligue da tomada os equipamentos – para não consumir energia com a luz de stand-by. No dia a dia, quando não estiver usando, deixe no modo: economia de energia. Caso seja necessário, não hesite em transmitir essas regras de economia aos seus colaboradores.

6- Fazer estudos prévios de viabilidade técnico-financeira

Para aparelhagem como ar-condicionado, bombas hidráulicas e afins, deve ser feito um estudo prévio de viabilidade técnico-financeira. Como resultado, será dimensionado e indicado o melhor equipamento para as suas necessidades, sem sub ou superestimar a demanda da empresa. Às vezes, até mesmo detalhes como a posição em que o equipamento ficará, fará toda a diferença na conta de luz.

7- Trabalhar pela conscientização da equipe

Tente estimular a conscientização entre todos os membros da equipe do local, não somente com os colaboradores mas entre a gerência e diretoria. Você também pode colocar placas e avisos de como economizar energia nas dependências da empresa. São pequenos lembretes que cristalizam as metas na mente de todos.

8- Usar fontes de energia alternativas

Existem várias alternativas além do uso de energia da concessionária. Você pode usar energia limpa, instalando painéis solares. Esse projeto pode ser feito por meio de um financiamento de um sistema fotovoltaico. A energia solar é uma forma eficiente de economizar, podendo reduzir a sua conta de luz em até 95%.

Cada vez mais, os aspectos ambientais e regulações oficiais se tornam mais restritivas. Geralmente, voltadas para a redução, reuso e reflexão acerca de hábitos de consumo.

A energia solar caminha de mãos dadas com as demandas socioambientais de nossa sociedade, por meio da qual se procura estabelecer a seguinte regra: “o desenvolvimento que satisfaz as necessidades presentes, sem comprometer a capacidade das gerações futuras de suprir suas próprias necessidades” (Relatório de Brundtland, Nosso Futuro Comum).  

Com esse propósito, os empreendedores são convidados a ser mais eficientes em suas escolhas, escolher usar fontes de energia limpas como a energia solar. Afinal, é a solução mais ecoeficiente que existe. Aqueles que dão os primeiros passos, com o tempo são seguidos pelos demais. 

Gostou do artigo? Para ajudar você a perceber como pode economizar energia, calcule agora mesmo o quanto sua empresa pode economizar com a energia solar e veja como começar a fazer a diferença no seu bolso e na sociedade!