Você já parou para pensar que um dos grandes vilões de pequenos e médios negócios são os gastos fixos mensais? Pois bem, entre as maiores preocupações está a conta de luz. Para os donos de padarias a economia de energia é fato que eles querem conseguir a todo custo. Um dos principais equipamentos de trabalho, o forno elétrico, é também um dos equipamentos com maior gasto de eletricidade.

Mas você já pensou em tornar sua padaria um negócio mais rentável através da economia de energia? Diversos empreendedores já estão repensando seus investimentos e obtendo sucesso com a adoção de medidas para a diminuição dos gastos.

Conheça agora 5 dicas de economia de energia para sua padaria:

A economia de energia, ao contrários do que muitos acreditam, não requer grandes sacrifícios, isto é, sua padaria não precisa deixar de usar o ar condicionado ou ficar no escuro para economizar. Adotar algumas medidas de eficiência ou encarar um novo investimento poderá fazer total diferença no fim do mês. Entenda agora como:

1. Substituia as lâmpadas para uma maior economia de energia

A substituição de lâmpadas fluorescentes LED pode levar a uma economia substancial, uma vez que elas são doze vezes mais eficientes. Apesar de um pouco mais caras, elas chegam a reduzir em 90% o consumo de energia com iluminação, além de não emitirem calor.

Dois motivos explicam o melhor desempenho das lâmpadas LED: o primeiro diz respeito a energia consumida por ela, que, na maioria das vezes, é revertida em luz e não em calor. Na prática, isso significa dizer que na proporção que a fluorescente gasta 15W, a mesma luminosidade em um ambiente pode ser alcançada por um LED com 10W.

A página do Planeta Sustentável da Abril realizou um levantamento, demonstrando que o gasto total em reais após o uso de 25 mil horas em lâmpada fluorescente é de R$ 142,50, enquanto que o mesmo tempo de utilização com LED representa um gasto de R$122.

2. Aproveite ao máximo a luz do dia

É possível desligar as luzes durante o dia mesmo em ambientes fechados. Para isso, basta garantir que estes espaços se mantenham claros com a reorganização do imóvel ou até criar mais entradas de luz. Criar mais janelas, diminuir o número de divisórias de uma sala são algumas das opções. Uma outra maneira de clarear o ambiente é optar por cores claras nas paredes.

3. Mantenha a manutenção dos equipamentos em dia

A má instalação dos fios pode gerar desperdício de energia. Fios danificados, por exemplo, resultam no superaquecimento dos condutores. Além do gasto de energia e financeiro, a fiação danificada pode ocasionar acidentes e até incêndios.

Além disso, aparelhos eletrônicos no modo stand by continuam gastando energia, mesmo que de forma reduzida. Por isso, evite ligar aparelhos desnecessariamente. O ideal é que sejam desligados e, até mesmo, desconectados da tomada quando não estiverem sendo utilizados. Apenas a adoção deste hábito pode resultar numa economia de energia de 12%.

Para estabelecimentos do ramo alimentício, como as padarias, checar a vedação do freezer é fundamental porque, em caso de má vedação, mais ar quente entrará na câmara de resfriamento fazendo com que o freezer tenha que trabalhar ainda mais para manter as temperaturas ideias. Para saber se a vedação do seu equipamento está correta basta colocar uma folha  entre a borracha da porta e o aparelho, e fechar. Se o papel sair com facilidade, a borracha deve ser trocada.

4. Prefira por equipamentos com selo de eficiência energética

Alguns equipamentos empregados em uma padaria possuem um alto gasto de eletricidade. Para a economia de energia é fundamental ter em mente quais são esses equipamentos e qual a sua potência. Opte por aparelhos com o selo do Inmetro de eficiência energética, principalmente, os fornos elétricos, que chegam a consumir cerca de 70% da eletricidade demandada por uma padaria. Além disso, se programe para não utilizar o equipamento em pequenas quantidades, evitando assim que você precise fazer mais fornadas do que o necessário.

5. Investir em energia solar fotovoltaica

A energia solar já é uma realidade e traz muitas vantagens competitivas para os negócios. Com a fonte de energia solar os empreendedores tornam-se produtores de sua própria energia por meio de painéis fotovoltaicos. Esse investimento, além de ser sustentável ambientalmente, representa um investimento rentável do ponto de vista econômico e pode trazer muitos benefícios financeiros.

A energia gerada por painéis é conectada à rede de eletricidade convencional num sistema de compensação que funciona da seguinte maneira: parte da eletricidade gerada é empregada na própria padaria, enquanto o excesso é enviado para rede elétrica, gerando uma compensação. Neste processo, o dono do gerador fotovoltaico atua “emprestando” sua eletricidade para a rede elétrica que, ao invés de receber em dinheiro pela energia produzida, recebe um crédito que será abatido da conta de luz.

O investimento em energia solar possui um retorno rápido, considerando a vida útil do sistema de no mínimo 25 anos. Aprenda agora quanto custa a energia solar.

Cases de sucesso: padarias e a economia de energia

Existem diversas formas de chegar a economia de energia em padarias, mas os resultados mais rentáveis realmente podem ser percebidos pelo investimento em energia solar.

Uma das primeiras panificadoras a implementar o sistema de energia solar no estado de Pernambuco, a Padaria Pão Pão no centro da cidade de Recife, espera reduzir em 40% sua conta de luz com um retorno sobre o investimento de dois anos. O projeto teve um custo de R$ 68 mil, sendo que 80% do valor ganhou financiamento de um programa que já está beneficiando outras 30 panificadoras da região metropolitana de Recife.

O custo da energia e a crescente demanda por eletricidade demonstra a importância da energia solar como ferramenta para economia de energia. A opção também é uma ótima forma de investir no seu negócio, obtendo um retorno duradouro. Descubra agora os benefícios da energia solar para pequenas empresas 

Calcule quanto a sua empresa pode economizar com energia solar aqui!